Meu Malvado Favorito 3 é mais uma animação de sucesso da Illumination Entertainment, que chegou aos cinemas em 2017. A história continua acompanhando as aventuras do ex-vilão Gru e seus minions, que agora precisam enfrentar um novo vilão, Balthazar Bratt. Mas, além da trama divertida e envolvente, um assunto importante para os pais e responsáveis deve ser levado em consideração: a classificação indicativa.

Segundo o Ministério da Justiça, Meu Malvado Favorito 3 recebeu a classificação indicativa de Livre para todos os públicos. Isso significa que crianças de todas as idades podem assistir ao filme, acompanhadas ou não de adultos. Mas, apesar de ser uma animação, é importante entender que a classificação indicativa não é apenas uma formalidade, mas sim uma ferramenta para proteger as crianças de conteúdos inadequados.

No caso da terceira parte da franquia, é possível perceber que a linguagem utilizada é mais vulgar do que nas outras duas. Frases como cara de pau e filho da mãe são usadas com frequência, o que pode não agradar a todos os pais e responsáveis. Além disso, há cenas de violência e perigo, como quando os minions são perseguidos em alta velocidade por uma rodovia movimentada.

Para alguns, esses exemplos podem parecer inofensivos e até engraçados, mas não podemos esquecer que as crianças estão em fase de desenvolvimento e absorvem tudo o que veem e ouvem. Palavrões e cenas violentas podem naturalizar comportamentos agressivos e inadequados. Por isso, é importante que os adultos estejam atentos à classificação indicativa e aos conteúdos aos quais expõem as crianças.

É fundamental lembrar que a classificação indicativa não é uma censura, mas sim uma orientação. É importante que os pais e responsáveis assistam ao filme antes de levar as crianças e, se possível, conversem sobre algumas cenas e diálogos que podem gerar dúvidas ou preocupações. Além disso, é válido lembrar que existem outras opções de animações que podem ser mais adequadas para o público infantil.

Em resumo, Meu Malvado Favorito 3 é uma animação divertida e envolvente, que promete agradar o público de todas as idades. No entanto, é importante levar em consideração a classificação indicativa e as implicações que ela traz para a segurança e o bem-estar das crianças. Os adultos devem estar sempre atentos aos conteúdos aos quais expõem as crianças e utilizar o bom senso para orientá-las de forma adequada.